Codetran divulga período para vistorias das vans escolares

A Coordenadoria de Trânsito de Itajaí (Codetran) divulgou, nesta segunda-feira (09), as datas para a vistoria semestral dos veículos de transporte escolar. O trabalho realizado em parceria com a Secretaria de Urbanismo será no período de 23 a 26 de julho nas dependências da Secretaria de Segurança, no horário das 14h às 18h.


Antes de comparecer à inspeção, o proprietário da van deve retirar na Praça do Cidadão na Prefeitura de Itajaí e pagar a taxa de vistoria no valor de R$ 16,74. Para solicitar o boleto é necessário apresentar a cópia da CNH; documento e seguro do carro com comprovante de pagamento; certificado do curso Senat; certidão criminal; identidade da monitora que acompanhará as vans; relação das escolas e horário de atendimento; alvará e comprovante de residência.

Segundo o diretor de fiscalização Eduardo Teodoro Pereira, é uma obrigatoriedade que os proprietários compareçam e regularizem os seus veículos para continuarem trabalhando. “Todos devem levar em consideração que lidarão com vidas durante o período escolar e precisam estar com seus veículos em perfeitas condições de uso. Os pais também devem exigir o comprovante de regularização, para então contratar o serviço”, destaca.

No processo de vistoria serão analisadas as seguintes documentações: alvará válido; comprovante de residência atualizado; habilitação categoria “D” ou “E”; curso SEST / SENAT dentro da validade; atestado de bons antecedentes atualizado; documento do veículo; apólice de seguro com comprovante de pagamento; inspeção veicular (para veículos acima de 10 anos); certificado de tacógrafo (INMETRO) dentro da validade; RG e CPF do monitor; comprovante de pagamento da taxa da vistoria e do licenciamento para transporte escolar.

São avaliadas também, as condições de conservação do veículo, como as faixas laterais e traseiras, extintor de incêndio, lanternas dianteiras, traseiras e superiores, cintos de segurança, forração interna, sinalização sonora e pneus.

A Codetran reforça que transportar passageiros sem a inspeção é considerada uma infração grave com a penalidade de cinco pontos no prontuário da CNH, apreensão do veículo e multa no valor de R$ 195,23.