Itajaí cria Projeto de Lei para incentivar microcervejarias e brewpubs

Com o mercado de cervejas artesanais em expansão em todo o Brasil e Santa Catarina figurando ano a ano entre os estados que apresentam maior crescimento no setor, o Município de Itajaí criou um Projeto de Lei para incentivar esse tipo de produção e comercialização. A ideia partiu do vereador Thiago Morastoni (MDB) após reuniões com grupos cervejeiros.


Por meio da indicação 2541/2018, o vereador sugeriu ao Executivo municipal a criação de mecanismos para valorizar, estimular e expandir os produtores locais de cerveja artesanal. A iniciativa tem como foco o incremento financeiro, uma vez que Itajaí poderá aumentar sua participação na rota cervejeira do Vale do Itajaí.

No ano passado, o número de cervejarias artesanais registradas no país aumentou 37,7%. Conforme a Associação Brasileira de Cerveja Artesanal (Abracerva), Santa Catarina tem a segunda maior proporção do país de cervejarias artesanais por habitantes, uma para cada 89,7 mil pessoas.

“Isso revela o quanto nosso Estado tem se tornado cada vez mais promissor no segmento. Não podemos ficar alheios a esse incremento que neste ano poderá ser de até 25% segundo comentam especialistas”, salienta Thiago Morastoni.

O Vale do Itajaí vem se consolidando como um importante polo cervejeiro do Brasil e a realização de roteiros turísticos que têm a cerveja como atração é uma realidade de sucesso. Para auxiliar na valorização da cultura cervejeira, o Projeto de Lei prevê confecção do selo "Cerveja Artesanal de Itajaí", além de ações em parceria com o município.