Cesta básica está 5% mais barata em Itajaí


O Procon realizou nova pesquisa de preços em oito estabelecimentos de Itajaí, entre os dias 1º e 02 de agosto e constatou que a cesta básica está 5% mais barata em Itajaí. A batata e o tomate são os alimentos que apresentam maior variação de preço.

Na cesta básica, foram verificados os preços do açúcar, arroz, farinha de trigo, feijão, banana caturra, batata lavada, cebola, tomate, café, carne (patinho), leite, margarina, macarrão, óleo soja, pão francês, sabão em pó, sabão em barra, desinfetante, pasta de dente, sabonete, papel higiênico e ovos. No comparativo com o mês de julho, a soma dos produtos de menor valor caiu de R$ 69,98 para R$ 66,77.

O papel higiênico está entre os três produtos com maior variação de preço entre os estabelecimentos. O produto foi encontrado de R$ 1,39 a R$ 6,47, uma diferença superior a 365% entre o mais barato e o mais caro. O quilo da batata lavada variou em quase 198%, sendo encontrado entre R$ 0,87 e R$ 2,59. O preço do tomate também apresentou uma diferença superior a 165%, com o quilo variando entre R$ 1,39 e R$ 3,69.

Os fiscais também pesquisaram os produtos orgânicos. As maiores oscilações foram constatadas no quilo do arroz (quase 191%) de R$ 6,15 a R$ 17,89, no azeite de oliva (quase 107%) de R$ 28,89 a R$ 59,79 e no quilo do feijão (quase 81%) de R$ 14,65 a R$ 26,49.

Grandes marcas
O Procon também pesquisou os preços de grandes marcas. As maiores variações foram identificadas no preço do molho de tomate Pomarola (188,69%), com valores entre R$ 1,68 e R$ 4,80, seguido do papel higiênico Neve (133,11%), com o menor valor de R$ 4,50 e o maior a de R$ 10,49. O preço do amaciante Fofo foi encontrado a R$ 8,95 até R$ 19,99, indicando 123,35% de diferença entre o preço mais barato e o mais caro.