Petista Haddad faz campanha em Itajaí e Florianópolis

O candidato à Presidência da República, Fernando Haddad (PT), esteve em Santa Catarina nesta terça-feira, dia 18. No início da manhã ele cumpriu agenda em Itajaí e a tarde em Florianópolis, ao lado do candidato ao Governo, Décio Lima.


Em Itajaí, o ex-prefeito de São Paulo e ex-ministro da Educação participou de uma reunião com representantes do setor pesqueiro. Na sequência foi à capital, Florianópolis, onde concedeu uma coletiva de imprensa e no início da noite participou de um ato público no centro da cidade.


“Haddad tem suas digitais em Santa Catarina foi ministro da Educação e ajudou na expansão da UFSC e dos institutos federais. Além disso, fortaleceu o sistema Acafe”, destacou Décio Lima.

SUBINDO NAS PESQUISAS
Na pesquisa Ibope divulgada nesta terça-feira, dia 18, Fernando Haddad parece consolidado na segunda colocação, com 19%, mais do que dobrando as intenções de voto da última sondagem – eram de 8% no dia 11, quando a candidatura foi registrada no Tribunal Superior Eleitoral.

O candidato do PSL, Jair Bolsonaro, segue na liderança, com 28%, oscilando positivamente dois pontos em relação à pesquisa anterior. Ciro Gomes (PDT) tem 11%, mesmo percentual do levantamento anterior. Geraldo Alckmin (PSDB) oscilou negativamente dois pontos, de 9% para 7%, enquanto Marina Silva (Rede) caiu três pontos, de 9% para 6%. Álvaro Dias (Pode) tem 2%, mesmo percentual de João Amoêdo (Novo) e Henrique Meirelles (MDB). Cabo Daciolo (Patriota) tem 1%. Votos brancos e nulos somam 14% e não souberam ou não quiseram opinar 7% dos entrevistados.

O nível de confiança da pesquisa – feita nos últimos três dias e registrada no TSE sob número BR-09678/2018 – é de 95%, com margem de erro de dois pontos percentuais, para mais ou para menos.

Nas simulações de segundo turno, Bolsonaro empata com Haddad em 40% e com Alckmin em 38%. Perde de Ciro por 40% a 39% e de Marina por 41% a 36%.