Pesquisa do Procon aponta que a cesta básica está mais barata em setembro

O Procon divulgou a pesquisa que analisa 22 itens da cesta básica em oito estabelecimentos de Itajaí. Em relação ao mês passado, a cesta básica de setembro teve uma queda de 2%. A variação média entre dos itens analisados foi de 107,38% na pesquisa da cesta básica e de 74,81% na pesquisa das Grandes Marcas.


O levantamento foi feito pelo órgão nos dias 03 e 01 de setembro. Neste mês, a soma dos itens com menor valor na cesta básica variou entre R$ 65,72 e R$ 136,29. O papel higiênico é o produto com maior variação, podendo ser encontrado de R$ 1,57 até R$ 5,49 - uma diferença de 249,68%. Já a mercadoria que teve menor variação foi o leite (22,04%), por preços entre R$ 2,45 e R$ 2,99 o litro.

Diferentemente da pesquisa da “Cesta Básica”, em que os fiscais buscam o menor preço de cada produto sem levar em conta suas qualidades e/ou marcas, a análise das “Grandes Marcas” foi feita em 32 produtos específicos.

O quilo da picanha Fatiada oscilou 145,76%, a esponja de aço Bombril 131,96% e o shampoo Seda 109,75%. Os produtos que tiveram a menor variação foram o refrigerante Coca-Cola de dois litros (8,7%), a farinha de trigo de um quilo Dona Benta (10%) e o leite de um litro Tirol (30,2%). O somatório dos itens mais baratos das grandes marcas apresenta uma queda de 4,44% comparado a agosto e totaliza R$ 185,89.

Com a pesquisa, o Procon visa contribuir para a economia doméstica da população.