"Se um deputado pode ser comprado, imagina instituto de pesquisa", diz Ciro Gomes

O candidato à presidência da República Ciro Gomes (PDT), disse nesse domingo, dia 24, no Recife, que os institutos de pesquisa não são confiáveis, comparando-os a corrupção de deputados na Câmara Federal. 


O presidenciável também teceu críticas ao candidato Jair Bolsonaro (PSL), comparando-o com uma "serpente de sete cabeças". "O Bolsonaro representa uma repulsa política. Representa o ovo da serpente do nazifacismo entre nós. E tem sete cabeças: uma para discriminar as mulheres, outra para os negros, outra para as pessoas de orientação sexual diferente daquilo que ele acha normal, outra para os nordestinos, outra para os quilombolas... E essa serpente está ameaçando o Brasil de forma muito grave", afirmou.
 

"A gente não entrega nossa decisão para institutos de pesquisa. Lembrem-se que estamos num país que tudo pode ficar de cabeça para baixo por um mero erro, pois os votos estão mudando e migrando, muitas reviravoltas na campanha. Mas esse é um país onde se ouve falar muito sistematicamente em vende de deputados e compra de deputados. Se um deputado pode ser comprado num país como o nosso, você imagina os institutos de pesquisa. Isso é o que importa", afirmou Ciro Gomes.