Ministros fazem visita técnica ao Centro de Eventos

Os ministros do Turismo, Vinicius Lummertz, e da Secretaria de Governo da Presidência da República, Carlos Marun, fizeram uma visita técnica ao Centro de Eventos de Balneário Camboriú na tarde desta quinta-feira, dia 11. Acompanharam a inspeção o governador Eduardo Pinho Moreira e o prefeito Fabrício Oliveira, além de outras autoridades.


O Centro de Eventos faz parte do programa Chave de Ouro, do governo Michel Temer, que inclui obras e ações que devem ser concluídas até dezembro deste ano. “Nós incluímos o Centro de Evento pela sua importância nesse programa especial, que reúne ações e obras que demandariam um esforço extra para que pudessem ser entregues à população ainda no governo Temer. Vi que a Prefeitura está avançando com a sua responsabilidade, que são as obras externas”, disse Marun.

De acordo com o prefeito Fabrício Oliveira, a Prefeitura irá entregar as obras do entorno (estacionamento, alças de acesso e paisagismo) 10 dias antes do prazo. “Essa visita foi para avaliar o compromisso dos governos federal, estadual e municipal com o Centro de Eventos. Balneário Camboriú está em dia com seus compromissos. Não podemos virar o ano, mudar governo no Estado e no Brasil, e isso estar inacabado”, ressaltou o prefeito.

Em novembro, haverá outra visita. Com uma área de 33 mil metros quadrados e capacidade para 60 mil pessoas, o Centro de Eventos de Balneário Camboriú começou a ser construído em 2015, com recursos municipais, estaduais e federais. A gestão do Centro de Eventos será feita pela iniciativa privada. Em setembro, o Governo do Estado anunciou que iniciou os processos legais para abertura de processo licitatório para exploração, implantação e gestão do espaço.

O repasse global do Governo Federal para o Centro de Eventos desde o início da obra foi de R$ 55 milhões, enquanto que o do Governo Municipal foi de R$ 19.647.405,00 milhões, e o do Governo Estadual, R$ 15 milhões.

“Essa obra é simbólica. O Centro de Eventos faz parte de um conjunto de 16 obras do Governo Federal que serão inauguradas ainda este ano. Então a obra física estará pronta, os contratos de alguns equipamentos já estarão feitos e todos os recursos em conta. Nós sabemos que a transformação que vai acontecer na região será grande. É uma região estratégica, que está se tornando muito competitiva, inclusive internacionalmente, por isso essa obra é tão importante”, comentou Lummertz.