Prefeitura de Balneário Camboriú lançou programa de ação para pessoas em situação de rua

A prefeitura, por meio da Secretaria de Desenvolvimento e Inclusão Social lançou, na terça-feira (13), um programa de ação para as pessoas em situação de rua. O plano foi apresentado às entidades civis organizadas do município, associações de bairro, clubes de serviços e igrejas. O objetivo do programa é   reduzir o número de andarilhos na cidade. Reuniões, de caráter consultivo foram realizadas com o Conselho Municipal de Turismo (Comtur), Observatório Social e Ministério Público durante a semana passada. 


O crescente número de pessoas em situação de rua pela cidade provocou uma pesquisa feita pela Secretaria de Desenvolvimento e Inclusão Social, que levantou o número de andarilhos em circulação, o perfil e as motivações que fazem com que eles venham para Balneário Camboriú. “A pesquisa revelou que a maioria é atraído pela solidariedade da população, que por meio da doação de esmola, possibilita custear vícios”, disse a secretária Christina Barichello. 


A pesquisa revelou também que há quatro pontos críticos na cidade, onde há maior concentração de moradores de rua, que a maioria é homem, tem entre 18 e 45 anos, tem ensino Fundamental incompleto e é dependente químico.