Chegada do Papai Noel marca a abertura do Natal em Camboriú

A Prefeitura de Camboriú, por meio da Fundação Cultural, preparou uma programação para a abertura da temporada de Natal no município. O evento será no dia 15 de dezembro e contará com a chegada do Papai Noel. Um helicóptero com o Bom Velhinho pousará no estádio Roberto Santos Garcia, o Robertão, às 16 horas, para distribuição de presentes a crianças.



O Papai Noel seguirá do estádio Robertão para Praça das Figueiras, no Centro. Às 20 horas, iniciam as apresentações de músicas natalinas com a Escola de Música Harmonia. “Queremos trazer o espírito natalino para Camboriú, possibilitando um momento de confraternização para as famílias, além, é claro, de valorizar os artistas do município”, declara a presidente da Fundação Cultural, Judite da Silva Piza. 
 
A Praça das Figueiras, o prédio da Prefeitura e o calçadão da Rua Getúlio Vargas ficarão enfeitados – presépio, trenó, Papai e Mamãe Noel, guirlandas, entre outros – até o dia 15 de janeiro. O objetivo é proporcionar espaços para que as famílias possam fazer registros fotográficos. A praça da paróquia Divino Espírito Santo também será decorada, com Árvores de Natal instaladas pela Câmara de Dirigentes Lojistas (CDL) e empresários do município.
 
Companhia do município
 
A Escola de Música Harmonia, que fará as apresentações durante a abertura de Natal, trabalha a formação de artistas há quase 10 anos. A companhia já promoveu concertos para a comunidade e participou da Virada Cultural, realizada no final de novembro.
 
Ceia na Praça
 
A Praça das Figueiras irá sediar uma ceia de Natal no dia 24 de dezembro. A Igreja do Evangelho Quadrangular – Casa do Pai promoverá um jantar à comunidade, às 19 horas. O evento contará ainda com brinquedos infláveis para as crianças. “Alguns moradores, independentemente da classe social, passarão o Natal sozinhos. Na ceia, eles poderão ser introduzidos a uma nova família”, declara o coordenador do projeto, Jorge Rodrigues Junior.
 
Ao longo do dia 24, a igreja irá convidar moradores de rua para passarem um dia num sítio. Eles receberão cortes de cabelo e barba, novas peças de roupa e poderão ligar para familiares. “Não queremos impor alguma religião, longe disso. Mas, por meio de Jesus Cristo, iremos apresentar esperanças e trazer dignidade para essas vidas”, finaliza.