PREFEITURA BC

Brasil deve continuar no Acordo de Paris para o clima, diz ministro do Meio Ambiente

Fonte: www.agenciadoradio.com.br

O pacto multilateral, assinado por diversos países, estabelece metas para redução da emissão de gases que contribuem para as mudanças climáticas
O Brasil deve permanecer no Acordo de Paris para o clima. A declaração é do ministro do Meio Ambiente, Ricardo Salles, que participou nesta segunda-feira (14) de um almoço promovido pelo Sindicato da Habitação de São Paulo, o Secovi-SP.


O pacto multilateral, assinado por diversos países, estabelece metas para redução da emissão de gases que contribuem para as mudanças climáticas. O Brasil tornou-se signatário do documento em 2016, após os termos serem aprovados pelo Congresso Nacional.

O acordo, no entanto, foi alvo de críticas do presidente Jair Bolsonaro desde a campanha presidencial no ano passado. O chefe do Executivo acredita que o documento pode prejudicar o desenvolvimento do país.

Segundo Ricardo Salles, no entanto, "por ora, a participação do Brasil está mantida".

De acordo com o ministro do Meio Ambiente, "as metas de redução de emissão que o Brasil e os outros países concordaram, estão ok”. O problema, segundo ele, é se "esta legislação restringe a liberdade e a ação de empreendedorismo e a gestão do território”.

No Acordo de Paris, o Brasil se comprometeu, por exemplo, a reduzir até 2025 as emissões de gases de efeito estufa em 37% abaixo dos níveis registrados em 2005.
Reportagem, João Paulo Machado