PREFEITURA DE CAMBORIÚ

"Evanio está tendo que conviver com o azar de ter ceifado a vida de duas jovens", alega defesa em pedido de relaxamento de prisão

Foto mostra Evanio horas antes do acidente em um bar em Rio do Sul / Divulgação internet


Evanio Wylian Prestini, 31 anos, motorista do Jaguar que bateu de frente com um Pálio na BR-470 no sábado (23) e ocasionou a morte de duas jovens, já tem novo advogado. A defesa apresentou o pedido de revogação da prisão preventiva à Vara Criminal da Comarca de Gaspar, já que o acidente aconteceu na região do município.
A juíza Claudia Inês Maestri Meyer converteu o auto de prisão em flagrante em prisão preventiva. Por isso, Prestini, foi encaminhado ao Presídio Regional de Blumenau ainda no domingo (24). Desde então, ele segue preso na cidade.


Agora, o motorista do carro importado está sendo representado por um escritório de Florianópolis. O novo advogado é Cláudio Gastão da Rosa Filho, que substitui Marcelo José Araújo, que declinou da defesa no fim da tarde de ontem.
No documento entregue ao Fórum, a defesa de Prestini afirma que ele “é um jovem de bem, que por uma infelicidade do destino enfrenta fato inédito e isolado em sua vida, tendo que conviver com o azar de ter ceifado a vida de duas jovens e ferido outras três.”
A defesa pede, portanto, o relaxamento da prisão de Evanio, já que ele não tem histórico criminal anterior, tem residência fixa e trabalho lícito. Segundo o advogado, o motorista poderia responder pelos atos em liberdade e que a justiça não pode dizer que ele vai fugir ou atrapalhar a investigação.

Motorista do Jaguar já se envolveu em outro acidente

Entrou com carro no bar e destruiu parte do estabelecimento

Conforme apurado pela nossa equipe, o motorista que provocou o acidente no último sábado (23) na BR-470 em Gaspar, que resultou na morte de duas jovens, já se envolveu em outra batida com suspeita de embriaguez ao volante. Há mais de dois anos, Evanio Wylyan Prestini teria invadido um bar, em Jaraguá do Sul, com outra caminhonete importada. Nesta ocorrência, ninguém ficou ferido.
O caso aconteceu por volta das 4h50 da madrugada de 15 de maio de 2016, na esquina da Rua Bernardo Dornbusch com a Rua Ney Franco, no bairro Vila Baependi. Uma Range Rover Evoque, com placas de Guaramirim (SC), foi parar dentro do estabelecimento. Por sorte, o bar estava fechado e não havia clientes, nem funcionários no local.
Moradores afirmaram que o condutor estava em alta velocidade e fugiu logo após a colisão. Pela placa do veículo, o motorista foi identificado, mas a questão nem chegou à esfera judicial, porque a família do rapaz, que na época tinha 28 anos, pagou todas as despesas decorrentes do acidente e da reforma do bar. Por isso, não há registro na Certidão de Antecedentes Criminais do suspeito.


Fonte Portal Alexandre José