PREFEITURA de bc

#CasoLucimara Juíz determina internação em hospital psiquiátrico

Paulo e Lucimara


Paulo De Carvalho Souza será transferido para um hospital psiquiátrico de custódia. Foi isso que o juiz Gilmar Antonio Conte determinou durante a audiência de custódia. No momento não há vagas, por isso Paulo deverá ser tratado e medicado no presídio até ser transferido para o hospital. Lá ele será examinado e caso seja diagnosticado algum transtorno mental ele permanecerá lá, caso contrário retornará ao presídio da Canhanduba. Ele está preso desde a última quarta-feira (03) por ocultação de cadáver. Não pagou a fiança arbitrada em R$50 mil. A polícia solicitou a justiça a prisão preventiva por feminicídio. A juíza acatou. Portanto deve permanecer preso.

Paulo é réu confesso, assassinou a namorada Lucimara Stasiak a facadas na noite do dia 28 de março.
No dia 02 de abril a polícia atendeu ao chamado de vizinhos que suspeitaram que algo de grave havia acontecido.
Foram 25 horas de negociação para ele se entregat e liberar o corpo que estava na cama do casal.
Em carta ele alega ter surtos psicóticos desde os 7 anos de idade. E na mesma carta pede perdão á família dos dois.