PREFEITURA de bc

Instalação de sistema de energia solar cresceu cerca de 135%, veja como financiar

Credifoz disponibiliza financiamento especial para aquisição de sistemas fotovoltáicos / Foto Credifoz


Nos últimos anos, a oferta de incentivos e a crescente procura dos brasileiros pelos sistemas de energia solar impulsionou o mercado nacional a níveis similares ao de países estrangeiros.
Segundo os dados da Agência Nacional de Energia Elétrica (ANEEL), que controla o segmento de geração distribuída, somente no primeiro trimestre deste ano foram 13.941 novas instalações.

Isso representa um crescimento de 134,97% em relação ao mesmo período de 2018, quando haviam sido conectados 5.933 sistemas à rede das distribuidoras do país.
Em termos de potência, o volume de sistemas instalados até o final de março deste ano já acumulava 157,3 megawatts (MW), 132,69% a mais que os 67,6 MW de 2018.

De acordo com os representantes da ABSOLAR (Associação Brasileira de Energia Solar Fotovoltaica), o aumento na procura pela tecnologia se deve principalmente a dois fatores: a queda dos seus custos nos últimos dez anos e o inverso aumento no valor da conta de luz.
Somam-se a isso os vários incentivos oferecidos para quem deseja instalar as placas solares, incluindo isenções tributárias sobre a energia produzida e consumida.

Credifoz disponibiliza financiamento especial para aquisição de sistemas fotovoltáicos

A ENGIE, que é a maior geradora de energia elétrica do país, e a Ailos firmaram um convênio que oferece descontos e condições especiais de financiamento para a aquisição de sistemas fotovoltaicos residenciais para todos os cooperados da Credifoz.
Normalmente instalados nos telhados das empresas e residências, esses sistemas produzem a energia elétrica que é consumida na unidade vinculada, sendo que, qualquer excedente é injetado na rede e se transforma em créditos junto à concessionária. Assim, ao utilizar a luz do sol, uma fonte limpa e inesgotável de energia, você contribui para a preservação ambiental e ainda economiza, pois, dependendo do tamanho do sistema, o consumidor chega a reduzir em até 90% o valor da fatura mensal.
O tempo de retorno do investimento é estimado entre três a quatro anos enquanto que a garantia de geração das placas fica por volta de 25 anos. Desta maneira, depois de quitado o investimento, os moradores passam a ter energia praticamente de graça em suas residências pagando apenas as taxas de manutenção da rede.
Procure uma agência Credifoz mais perto de você para mais informações.